Facebook Messenger poderá em breve usar o reconhecimento de rosto para bloquear o aplicativo

O Facebook Messenger poderá em breve usar o reconhecimento de rosto para bloquear o aplicativo

O Facebook agora pode ser mais conhecido por violar a privacidade de seus usuários, mas não deseja que mais ninguém faça o mesmo. Todos os seus melhores esforços para definir todas as opções de privacidade no Facebook são inúteis, no entanto, no momento em que algum amigo ou parente curioso pega o telefone e, portanto, o Messenger conversa. Provavelmente, é por isso que aparentemente está desenvolvendo uma maneira de bloquear seus bate-papos com segurança, usando o rosto como a chave.


 Para ser justo, definitivamente soa como um recurso útil e muito necessário. Não importa o quanto você use criptografia ou autenticação de dois fatores, no momento em que outra pessoa pegar o telefone, essas medidas serão lançadas pela janela. Claro, você também pode proteger a tela de bloqueio do telefone com uma impressão digital ou um rosto, mas isso é por alguns segundos críticos entre o momento em que o telefone e tudo o que está nele está vulnerável.

 A desenvolvedora Jane Manchun Wong descobriu um novo recurso no aplicativo Messenger do Facebook que permitiria aos usuários bloquear o aplicativo depois que o saíssem, instantaneamente ou após um atraso de até 1 hora. Além disso, seria possível desbloquear o aplicativo com o que a captura de tela vazada chama de "Face ID".


 Jane Manchun Wong
 @wongmjane
  O Facebook Messenger está trabalhando no bloqueio de aplicativo "Face ID"

 Pode ser ativado logo após o usuário sair do Messenger ou após uma duração

 Parece que o Face ID NÃO será enviado nem armazenado pelos servidores do Facebook, de acordo com a descrição mostrada. 



 Dado que Wong diz que era de um telefone Android, esse definitivamente não é o Face ID da Apple e provavelmente será renomeado mais tarde, a menos que o Facebook queira uma ação judicial. Definitivamente, parece um trabalho em andamento, dado um pouco menos do que texto profissional. Pelo menos, sugere que aqueles que ativam o recurso ainda poderão ler e responder a mensagens na notificação, o que diminui um pouco sua segurança.

 Talvez o mais importante seja que o texto sugere que os detalhes do reconhecimento de rosto não serão armazenados nos servidores do Facebook. Ainda não está claro se implementará sua própria tecnologia ou usará as instalações do Android e do iOS. E se realmente fará o que diz será uma questão totalmente diferente.

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.