Header Ads

Header ADS

Estudo sobre cigarro eletrônico relaciona exposição de metais do vaping a danos no DNA

Estudo sobre cigarro eletrônico relaciona exposição de metais do vaping a danos no DNA

Um novo estudo alerta que o vaping pode levar a danos no DNA relacionados a uma série de doenças, incluindo doenças coronárias, leucemia e até câncer de pulmão. O dano é causado pela exposição a altas concentrações de metal que se originam do fio usado no atomizador de um cigarro eletrônico. Ao contrário de estudos anteriores, essa pesquisa mais recente envolveu a medição do nível de biomarcadores na urina dos artigos.


 Embora variem em formato e tamanho, a maioria dos cigarros eletrônicos (“vapes”) apresenta o mesmo design geral: um agente de absorção que absorve o líquido vaping, que é então exposto a um elemento de aquecimento que vaporiza o líquido à medida que o usuário inala.

 Os elementos de aquecimento geralmente estão contidos no que é chamado de atomizador, que, além do fio de aquecimento de nicrômio, também apresenta braçadeiras e solda de latão. Pequenas partículas do metal são liberadas no vapor à medida que o metal esquenta.

 O usuário inala essas pequenas partículas de metal, que podem se acumular em seu corpo, potencialmente causando vários e graves problemas de saúde. O novo estudo da Universidade da Califórnia, Riverside, descobriu que a urina de usuários de cigarros eletrônicos tinha níveis elevados de biomarcadores ligados à exposição ao metal e a danos oxidativos no DNA.

 Embora os papéis tenham sido expostos a uma variedade de metais, o zinco era particularmente alto. Esse mesmo metal também é conhecido por causar estresse oxidativo celular em níveis excessivos, indicando que está causando os danos ao DNA encontrados pelo estudo. Os biomarcadores vinculados ao dano ao DNA foram maiores nos usuários de cigarros eletrônicos do que nos fumantes, destacando o fato de que o vaping não é mais seguro do que fumar e pode, de fato, ser pior em alguns casos.

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.